quarta-feira, 9 de março de 2011

Azeitonas Caseiras e Azeite Biológico e Caseiro

Bom dia:)
Hoje trago algo diferente e que já ando há muito tempinho para publicar.. uma aventura azeiteira :)

Ora bem quanto às azeitonas caseirinhas, o senhor meu senhorio tem meia dúzia de oliveiras aqui perto de casa que dão poucas azeitonas mas graúdas, contudo devido à sua avançada idade ele já não pode cultivá-las e acabam por ficar ao abandono. Então eu, no alto da minha sabedoria, andei a pesquisar na net como se curtia azeitonas, perguntei ao meu pai como ele curtia as azeitonas e meti mãos à obra: apanhei os belos bagos, dei-lhes o tratamento devido, deixei a processar e agora ando a papar :)

Quanto ao azeite, o filho do meu senhorio tem mesmo muitas oliveiras de bago muito mais miúdinho, das quais apanha azeitonas para fazer azeite biológico pois não as trata com nenhum químico. Como ele tem morada fixa longe daqui, veio cá durante uma semana para apanhar as azeitonas e pediu-me para o ajudar a apanhar, sendo que em troca deu-me umas belas oliveiras para eu apanhar a azeitona e tratar da azeite por minha conta.
Assim eu fiz, depois de o ajudar a apanhar as suas azeitonas, comecei a apanhar as minhas. Ele deixou-me todo o material necessário (uma rede para colocar por baixo das oliveiras, uma espécie de mini ancinho como o que os miúdos usam para brincar na areia mas próprio para apanhar azeitona, cestos, ganchos de ferro para levantar os bordos da rede pois o terreno é ingreme e um martelo para espetar os ganchos na terra - só tenho pena de não ter tirado fotos).
Tinha como objectivo apanhar mais de 100kg pois abaixo disso, no moinho, misturam com as azeitonas de outras pessoas para relar (cujas azeitonas podem ser tratadas com químicos e no fim ia ficar com azeite não biológico :(). Assim, esmerei-me para apanhar 185kg de azeitona que levei, toda contente, ao moinho mais próximo.
Passados 4 dias, fui buscar o meu azeitinho que rendeu cerca de 45
L mas ia-me dando o treco na altura para pagar: quase 100 euros que lá deixei por curtir o azeite e pelos 4 bidons que comprei. Confesso que, de inicio fiquei um pouco triste pois o azeite era mesmo bravo como as cobras, um cheiro muito muito forte e um sabor ácido que parecia que estavamos a comer as folhas das oliveiras ( :) ) e telefonei logo ao filho do meu senhorio a perguntar se era normal e ele disse-me que era necessário deixar o azeite apurar durante meio ano, o que está a dar certo pois já passaram 4 meses e notasse a diferença tanto na cor como no sabor, sendo que já o gasto à algum tempo para cozinhar. Bem, muito provavelmente ele já me tinha avisado antes mas o meu francês ainda só tem 8 mesinhos e ainda não consigo falar fluentemente e captar tudo logo à primeira..

Ah, na altura da apanha adorei andar encavalitada nas oliveiras..fez-me lembrar a minha infância em que subia às fruteiras todas e arranjava um ranco bom para me encostar e virar a comer a fruta:). E, para além do mais sou doida por agricultura e tudo o que seja associado com a natureza.

Bem, já que me fartei de falar vou passar às imagens e à forma de preparação das azeitonas.

Ingredientes:
-Azeitonas q.b.
-Sal grosso q.b.
-Água de compra.

Modo de Preparação:
  1. Coloquei as azeitonas nos recipientes;
  2. Nos potes de compota coloquei 2 colheres de sopa de sal grosso e nas caixas coloquei 4;
  3. Perfiz os recipientes com água engarrafada e guardei os recipientes num local escuro;
  4. De longe a longe, abria a tampa dos recipientes para aliviar a pressão do gás que se formava.
Notas:
-Com li que o cloro leva ao amolecimento das azeitonas, decidi usar água da torneira
-Passaram-se 4 meses desde a altura que coloquei as azeitonas a curtir e já são bem boas para comer:). Só tenho pena de não ter colocado um pouquinho de louro em cada pote..
-Adorei ler um post sobre as diferentes formas de tratar as azeitonas do blog Outras Comidas de Luis Pontes, está muito completo e o nosso querido companheiro escreve mesmo muito bem.




4 comentários:

  1. Bem que aventuras!!!!Eu também aprendi a curtir e depoi)s a temperar as azeitonas para consumo...(no meu blog tens uma DICA sobre isso, se quiseres espreitar).
    Mas no final sabe bem o produto do nosso esforço né???
    Parabéns!!!

    Bjoka
    Rita

    ResponderExcluir
  2. Vizinha,eu estava indo pegar uma xícara de açúcar na amiga ao lado, quando passei e ví as luzes de sua casa (blog) ...nossa que lindo aqui ...
    Quando tiver um tempinho passe lá em Casa para um café...
    Se resolver se hospedar por lá , preparo minha melhor roupa e também venho para ficar !
    Se precisar de algo é só gritar ,moro entre as montanhas e por lá tem eco.
    Meu nome é Valeria , mas pode gritar KIM ...que é meu apelido!

    ResponderExcluir
  3. Poderiam fazer o favor de me dizer: - Após as azeitonas já estarem em condições de serem consumidas; DEVEM TIRAR SE DA ÀGUA, OU NÃO?...

    E qual a melhor forma de as manter por mais tempo sem apodrecerem?...

    Podem ou devem ser congeladas?

    M. O. Sou: - joaojorgeopoetasorridente@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Poderiam fazer o favor de me dizer: - Após as azeitonas já estarem em condições de serem consumidas; DEVEM TIRAR SE DA ÀGUA, OU NÃO?...

    E qual a melhor forma de as manter por mais tempo sem apodrecerem?...

    Podem ou devem ser congeladas?

    M. O. Sou: - joaojorgeopoetasorridente@sapo.pt

    ResponderExcluir